fbpx
E o tal do Café?

E o tal do Café?

Café faz mal para quem Canta?

A quem diga que é uma das Bebidas mais amadas dos brasileiros, lógico, tem os opositores,
mas os amantes não desprezam aquela boa xícara de café logo pela manhã, não é verdade?

Porém a bebida queridinha de todos, volta e meia entra em cena como vilã da história. Recentemente, o tema sobre o café foi abordado nas redes sociais da Prof.ª Vivian Veríssimo
e nos comentários deu o que falar, parte defendia,
parte acusava, tudo porque o consumo do café provoca refluxo gastroesofágico.

A doença do refluxo gastroesofágico abrange todas as formas de irritação de mucosa decorrentes do retorno do líquido estomacal.

Compreendendo que o suco gástrico é formado em partes por fluidos ácidos,
verifica-se que este líquido pode provocar alterações da mucosa laríngea, acarretando possíveis disfonias.

O refluxo gastroesofágico caracteriza-se pelo retorno do conteúdo do estômago para o esôfago,
chegando muitas vezes a atingir o trato aéreo superior, banhando a parte posterior das pregas vocais, irritando e lesionando a musculatura laríngea.

O retorno desta acidez estomacal tem efeitos na laringe, sendo uma provável causadora de algumas laringites,
edemas, nódulos, pólipos, irritações, pigarros, tosse e rouquidão; levando o indivíduo a um quadro de disfonia.

Nessa guerra de opiniões parece que fica no ar a seguinte pergunta:

O CAFÉ DEVE SER BANIDO PARA O CANTOR?

Para nós ajudar responder esta pergunta vamos a alguns dados científicos:

Uma nova pesquisa da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, publicada nesta quinta-feira,
no periódico científico “PLOS ONE”, mostra que não há relação entre o consumo moderado de café e a desidratação.

Este estudo começou devido a uma pesquisa anterior que mostrava os efeitos agudos da cafeína como um diurético leve,
e uma suposição comum de que bebidas com cafeína, como o café, tinham este efeito.

No entanto, o efeito do consumo de café no equilíbrio de fluidos não pode ser comparado diretamente com o da cafeína pura.

Este é o primeiro estudo a avaliar diretamente os efeitos do consumo moderado de café em comparação a volumes iguais de água.

A pesquisadora Sophie Killer, autora principal do estudo, comentou que “apesar da falta de evidência científica,
é uma crença comum que o consumo de café pode levar à desidratação e deve ser evitado ou reduzido para manter um equilíbrio de fluidos saudáveis”.

– Nossa pesquisa teve como objetivo verificar se o consumo regular de café, em condições normais de vida,
é prejudicial para o estado de hidratação do bebedor – explica.

Em uma amostra de consumidores de café regulares, Killer e seus colegas mediram os efeitos do consumo moderado de café preto
em comparação ao de volumes iguais de água para o equilíbrio de fluidos e o estado de hidratação.

Cinquenta participantes do sexo masculino foram testados em duas fases, onde foram obrigados a beber quatro canecas (200 ml) de café ou de água por dia durante três dias.

Na segunda fase, aqueles que tinham bebido café inicialmente trocavam para beber água e vice-versa. As duas fases foram separadas por um período de 10 dias.

As mulheres foram excluídas do estudo para controlar possíveis flutuações no equilíbrio de fluidos resultantes de ciclos menstruais.

Para avaliar o estado de hidratação, os pesquisadores usaram uma variedade de medidas bem estabelecidas, incluindo massa corporal e água corporal total, assim como análises de sangue e urina.

Os pesquisadores não encontraram diferenças significativas na água corporal total ou quaisquer das medidas de sangue do estado de hidratação entre os que bebiam café e aqueles que beberam água.

Além disso, não foram observadas diferenças no volume ou concentração da urina entre os dois grupos.

– Nós descobrimos que o consumo de um consumo moderado de café, de quatro xícaras por dia, não causou diferenças significativas em uma ampla gama de indicadores de hidratação em comparação ao consumo de quantidades iguais de água – diz Killer.

Sendo assim, caro cantor, se você ama o café e tem sofrido danos por conta da bebida a primeira medida que deve tomar é procurar um otorrinolaringologista e um gastroenterologista para avaliar a o tipo da lesão e depois, havendo alteração na voz, um fonoaudiólogo especialista em voz cantada.

Beber muita água para manter a hidratação em dia e ter BOM SENSO sempre! Não porque você vai beber 3 litros de água que tomará 500 ml de café!

Auto conhecimento é tudo e bom senso sempre!

Washington Valentim
Professor de Canto

Fechar Menu